quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Sarau dia 24 na Taberna da Nety





A última edição deste ano do Sarau com Café acontecerá dia 24 de novembro, antecipando o encerramento das atividades de 2011, em razão do mês de dezembro apresentar uma agenda cheia de compromissos para a maioria das pessoas.  Para fechar o ano em um clima mais descontraído e musical, os organizadores do sarau resolveram comemorar de uma maneira diferente, convidando a todos para um happy hour na Taberna da Nety, a partir das  19h30min.

    A proposta é unir as atrações do sarau e seus colaboradores com os músicos e demais interessados em apresentar seus textos literários, como ocorre durante todo o ano espaço da Cafeteria Sabor Café e Livraria Nova Letra, em um momento mais festivo.

O evento, organizado por Roseli Santos, Ilana Lehn Fernandes, Anna Amélia Fleck e pelos músicos Chico Paz e Adolfo Silva deverá contar também com a presença de outros convidados, marcando o encerramento das atividades do ano, quando o sarau cumpriu intensa agenda de encontros, sempre na última quinta-feira de cada mês em Taquara; em escolas da região; e, mais recentemente, na Feira do Livro de Porto Alegre e em eventos especiais na capital e em outros municípios do Estado.

“O Sarau com Café retorna com os encontros mensais em março de 2012, no mesmo local onde é realizado há oito anos, em Taquara. Somos gratos a todos os apoiadores e seguiremos com nossa proposta de incentivar o hábito da leitura e revelar os talentos da região, além de trazer novidades para o ano que vem. Aguardem”, afirma a jornalista Roseli Santos.

O encontro do dia 24 de novembro começa às 19h30min, na Taberna da Nety, onde depois haverá show com Chico Paz e Os Figurões. A entrada para o sarau é gratuita.

O Sarau com Café tem apoio cultural de Cafeteria Sabor Café, Casa das Lãs, Cirurgiã Dentista Stefani Lanius Adam, Clínica de Ortopedia João Guilherme Hackmann, Faccat, Invento Propaganda, Estúdio Pro Produções, Livraria Nova Letra, TCA Informática e Prefeitura de Taquara.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Sem graça

Por Roseli Santos

Quem acompanha as redes sociais testemunha, todos os dias, uma infinidade de comentários e postagens sem sentido. A última é um deboche em relação à doença do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, sugerindo que ele faça o tratamento do câncer pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

A mórbida ironia, assim como qualquer doença, não tem a menor graça, seja com uma celebridade ou com o Zé Povinho. O sofrimento é o mesmo, com tratamento pelo SUS ou particular e, diga-se de passagem, o Sistema único de Saúde tem hospitais e profissionais de ponta, principalmente na área oncológica.
Por mais que estejamos acostumados às mazelas da condição humana, é na doença e na tragédia que a verdadeira solidariedade se manifesta. São situações como essas que escancaram bem quem somos nós e para onde vamos.

Recentemente, outra imagem me deixou transtornada, por mais que testemunhamos a violência do dia a dia. As filmagens e fotos do cadáver de Muammar Kadhafi, exibidas como um troféu, me deixaram uma sensação de tristeza profunda. Não pela morte do ditador em si, mas pela morbidez das pessoas que exploraram um corpo perfurado por balas com a mesma tranqüilidade em que fotografam os passeios com a família.

Dezenas de celulares registraram as cenas que, em segundos, já estavam na Internet para serem esquecidas meia hora depois ou até a próxima novidade. Me causa estranheza o desejo de alguns em ver a tragédia alheia, de ver o outro pior ou em situação constrangedora. Talvez isso explique porque as redes sociais estejam abarrotadas, também, de fotos com sorrisos forçados de gente que se exibe e posta uma forjada felicidade virtual. Há quem se sinta muito melhor e superior aos outros dessa maneira, ignorando a sua própria humanidade e o que ela possa lhe reservar.

Ainda assim, me atrevo a afirmar que acredito em amizade sincera, em gente do bem, em solidariedade, em amor e companheirismo. Afinal, por sermos justamente seres humanos, e já somos sete bilhões no mundo, talvez ainda haja uma chance entre milhares de nos melhorarmos, de nos descobrirmos, de nos ajustarmos ao eixo da vida, mesmo que alguns ainda prefiram acabar com ela ou com a dos outros.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Livros e música na feira





Há dois anos consecutivos, o grupo do Sarau com Café de Taquara marca presença na Feira do Livro de Porto Alegre. No último domingo, dia 30 de outubro, o evento ocorreu às 18 horas, no Território das Escolas, junto ao Cais do Porto, na ala dedicada à literatura infanto-juvenil.


O Sarau com Café, organizado por Roseli Santos, Anna Amélia Fleck, Ilana Lehn e pelos músicos Chico Paz e Adolfo Silva, levou à Feira do Livro, além da leitura tradicional de textos, a participação especial dos escritores Dilan Camargo e Léia Cassol. O encontro, que contou com um público da região e de Porto Alegre prestigiando o evento, também teve como convidados especiais os músicos Álvaro Vicente, Adriano Fleck, Marcelo Astiazara e Tiago Rubens Goulart, do Sarau Beatles.

“Participar do maior evento literário do Estado é, sem dúvida, uma honra para nós do Sarau com Café. Também queremos agradecer aos amigos de Taquara, da região e de Porto Alegre que sempre nos acompanham e incentivam nosso projeto onde quer que estejamos”, destaca Roseli Santos.