quarta-feira, 23 de junho de 2010

Nelson Coelho de Castro



Sete anos, dizem, é uma data cabalística. Longe das superstições que podem cercar essa crença, vejo com entusiasmo e alegria a trajetória do Sarau com Café ao longo desses sete anos de atividades em Taquara e na região. Uma caminhada iluminada pela companhia da Ilana Lehn, da Anna Amélia Fleck e do Chico Paz, que nos últimos anos têm sido parceiros que só enriquecem os nossos encontros.

Há também o Adolfo, o Thiago, a Duda, o Álvaro, o Dani, o Ramiro, o grupo Cheiro de Chuva, os apoiadores culturais e muitos outros que se engajam nessa proposta, voluntariamente, levando arte, música e literatura para a comunidade. O nosso espaço é aberto gratuitamente mas, infelizmente, nem todos sabem desfrutar disso. Digo infelizmente porque deixam de crescer, de interagir e de se aperfeiçoar como cidadãos ao não prestigiar o que há de melhor, em vários aspectos. E não vai aí nenhum deslumbramento, não. Os saraus são hoje um ponto de encontro reconhecidamente cultural e com credibilidade em todos os municípios onde ocorrem, tendo a presença constante de grandes talentos em vários segmentos artísticos.


Por isso, o Sarau com Café acontece e se expande de maneira surpreendente para onde sequer imaginávamos, seja em escolas, feiras do livros e bibliotecas, como um canal de interação constante, semeando cultura e colhendo momentos lindos de gratificação extrema. Os sete anos desse evento talvez marquem para nós o fechamento de um ciclo e a abertura de outro, mais intenso, mais maduro, em crescimento constante, independentemente e além de nós, porque não nos apropriamos dele.

O aniversário do Sarau com Café do dia 29 de julho terá a presença especial do músico Nelson Coelho de Castro para reforçar essa trajetória e marcar a data quase emblemática. Assim como outros convidados, o Nelson nos dá a certeza de que é sempre possível fazer mais quando há boa vontade, empenho, alegria, amor e um objetivo a ser alcançado.

E quando alcançamos esse objetivos nos vemos querendo mais e nos flagramos começando tudo de novo, com novos projetos, novas idéias, novos parceiros, novas experiências e um mundo novo a ser descoberto todos os dias. Basta querer, fazer e acontecer. Simples, assim!




sexta-feira, 4 de junho de 2010

Fazendo e acontecendo







Você procurando respostas olhando pro espaço, e eu tão ocupado vivendo...Eu não me pergunto...Eu faço!". (Raul Seixas)

A frase de Raul Seixas resume, talvez, a trajetória dos que ousam fazer. Em qualquer atividade, há os que botam a mão na massa e há os que preferem ver a história ser contada pelos outros. Assistir também é interessante, quando transformamos as ações alheias em aprendizado e crescimento constantes.

Mas é esse fazer transformado em experiência e em conhecimento que tem nos motivado a promover o Sarau com Café, há sete anos. Com o apoio de parceiros, tem sido gratificante compartilhar com a comunidade momentos muito legais, alguns memoráveis, como o do dia 27 de maio com o músico Gelson Oliveira. São fragmentos de horas de pura troca, de enriquecimento mútuo, de alegria intensa, por sabermos o que isso significa em termos culturais para qualquer cidade, especialmente para Taquara.

No rosto dos que nos acompanham, seja na Cafeteria Sabor Café ou em escolas, feiras do livro e outros estabelecimentos para onde levamos o sarau, é possível ver além do entretenimento, do lazer e do prazer de estar ali. Há cumplicidade daqueles que acabaram se transformando conosco, ao longo desses sete anos. Há uma evolução pessoal e coletiva, ainda que muitos se neguem a reconhecer e a compartilhar desses momentos históricos.

Reconhecimento, aliás, que já ganha a estrada de uns anos para cá, quando temos a oportunidade de levar literatura e música a diversos municípios, a pessoas de todas as classes sociais, indiscriminadamente. E isso não tem preço, é de um valor incalculável. Idealistas para uns, resistentes para outros, seguimos com prazer de promover a leitura, a música e a arte em qualquer lugar, e isso é o que importa. Nos propomos a transmutar a realidade (nem sempre perfeita), em algo melhor, no momento em que também nos tornamos melhores como cidadãos.

Portanto, só há uma maneira de acontecer, que é fazendo. E fazendo, acontecemos aqui, ali, em qualquer lugar, vivendo e compartilhando intensamente aquilo que acreditamos.

E agendem-se: Sarau com Café especial dia 11 de junho na Chopp Haus; Sarau com Café Dia dos Namorados dia 24 de junho, na Cafeteria Sabor Café; sarau especialíssimo de 7 anos de atividades, dia 29 de julho, com Nelson Coelho de Castro. E para encerrar o ano, outro sarau importante, a convite da Câmara do Livro de Porto Alegre, para lançamento do livro do escritor Dilan Camargo, dia 14 de novembro, na Feira do Livro de POA.

Por enquanto é isso. Mas logo tem mais, com certeza!